sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Cada vez me encanto mais com essa arte passeando pela net olha só que preciosidades...




Reparem que alguns são feitos de sementes e outros são moldados na madeira...
Agora esses aqui são meus eles tem 60 anos resgatei há poucos dias da minha bagunça que deixei pra trás na minha mudança, glória eles estão perfeitos alguns estão rachados mas vou preservá-los!




Reparem que há alguns que ainda estão com linha,segundo minha mãe essa linha era fiada no fuso pela minha bisavô, sinto muito não ter convivido com elas, reparem também na diversidade de materiais para a confecção dos bilros há alguns de madeira e outros são de semente que acredito ser de dendê.
Agora a preciosidade que achei na net é um livro da Secretaria de Cultura do Governo do Rio de Janeiro está em pdf então...
acessem:  www.inepac.rj.gov.br/arquivos/RendeirasdeBilro.pdf


4 comentários:

Graça disse...

Meu sonho de consumo.Ter e aprender a faze acho lindo as rendas.Será que eu consigo aprender?
Obrigada por compartilhar,bjus

Graça disse...

Meu sonho de consumo.Ter e aprender a faze acho lindo as rendas.Será que eu consigo aprender?
Obrigada por compartilhar,bjus

Fazendo Arte disse...

Graça,estou iniciando também,não te respondi antes pq não sei ainda(vamos ver se é assim),estou iniciando também acompanhe o blog que vou colocar o pap...com ajuda de outros blogs claro,vc é de onde?? adoraria formar um grupo pra desvendarmos juntos esse mistério!!bjk
Ps.Adorei a passadeira de fitas deve ficar lindo...

Ômi Rendero disse...

Ola Rosa, esses seus birros antigos sao verdadeiras preciosidades, rarissimos, objetos de coleçao. Principalmente esses que a forma se assemelham a peoes (http://3.bp.blogspot.com/_K7rXzoUxenQ/TUyrp3aoCXI/AAAAAAAAAek/RF8ewGd466w/s1600/DSC02829.JPG), ja trabalharam muito e agora merecem repouso e cuidado. Os maiores inimigos dos birros sao os cupins e a humidade.